Velocidade ou distância?

Velocidade ou distância?

Quando decidimos a iniciar-nos no mundo da corrida surge uma quantidade de dúvidas sendo a mais comum saber qual é velocidade ideal, “qual o ritmo ideal para o meu objectivo?”.
 
Há que adaptar a corrida ao seu objectivo, seja apenas pelo prazer de manter o corpo activo, emagrecer ou recuperar de alguma lesão.
 
Para quem não tem uma meta determinada, o ritmo da corrida vai depender de si próprio: se gosta de correr rápido vai acelerar, mas se gosta de correr devagar irá manter uma passada mais lenta, podendo variar de ritmo durante o treino. Ou seja, se corre por prazer/lazer, a velocidade deverás ser a que mais lhe agradar.
 
Segundo um estudo recente desenvolvido por uma universidade do Sul da Flórida (EUA) o truque para queimar mais calorias está em correr menos, porém mais rápido, porque queima mais gordura. Explosões de 30, 60 ou 120 segundos queimam as mesmas calorias. Parece surpreendente, mas o segredo está no impulso da largada/arranque: quanto menor a duração do esforço, mais intensamente é possível correr. Tiros curtos e intensos aceleram o metabolismo obrigando o corpo a queimar mais calorias e gordura mesmo durante horas depois do treino. A dica para quem gosta de correr é simples: corra pouco, mas o mais rápido que puder. A mesma lógica aplica-se a todos os treinos aeróbicos.
 
Para evitar lesões e problemas mais graves, é imperativo estar atento aos sinais do corpo. Ao perceber qualquer dor, incómodo ou dificuldade, é obrigatório parar imediatamente a atividade e observar se o problema vai passar. Caso o sintoma persista ou se agrave, procure um médico. O nosso conselho é também que fale com o seu médico antes de iniciar qualquer prática desportiva.

Boas corridas!