A corrida depois dos 50!

A corrida depois dos 50!

Antes de mais, a corrida não tem idade!
 
É um desporto que pode ser praticado por crianças, adolescentes, jovens, adultos e até por idosos desde que seja com algum acompanhamento médico porque, por exemplo, se iniciarmos aos 60 convém saber como está o nosso coração, os ossos, os músculos, etc.
É muito comum ver participantes de 70 ou mais anos em maratonas ou meias-maratonas. Muitos deles correm mais e melhor do que muitos jovens! Mas tenha em conta que, nesta faixa etária, mais importante do que treinar muito é treinar bem. Há um desgaste natural associado à idade e é preciso ouvir o corpo que terá, por exemplo, de ter um tempo de recuperação maior.
 
Os benefícios são inúmeros, desde promover a saúde física à saúde mental.
Correr melhora o funcionamento do sistema cardiovascular, evita a obesidade e garante muitos benefícios psicológicos. Segundo várias pesquisas o exercício pode melhorar funções do cérebro e aumentar a qualidade de vida de pessoas com demência.
Correr regularmente pode também reduzir ou atrasar mudanças na estrutura cerebral relacionadas com o envelhecimento e pode inclusivamente levar ao surgimento de novos neurónios.
 
A perda da massa magra e a osteoporose são doenças relacionadas com o envelhecimento associadas ao sedentarismo, mas o desporto de alto impacto vai estimular a construção óssea e também muscular. Se começar a correr ou simplesmente continuar a correr depois dos 50 poderá evitar esse problema!
 
Cuidados a ter depois dos 50:
  1. Evite corridas ao ar livre com muito calor;
  2. Mantenha-se bem hidratado. Beba água ao longo do dia;
  3. Se correr ao ar livre escolha trajectos com um bom piso;
  4. Complemente as corridas com exercícios de força e de equilíbrio (Leia: desportos que complementam a corrida);
  5. Faça check-ups regulares e ao mínimo sinal de tonturas ou desmaio, pare de correr e procure ajuda imediata;
  6. Procure ajuda de um especialista na área do fitness para planear os seus treinos;
  7. Mantenha uma alimentação equilibrada;
  8. Nas corridas ao ar livre prefira correr acompanhado.
 
Todas estas regras poderão ser seguidas por qualquer corredor em qualquer idade, mas depois dos 50 são mesmo para ser levadas ainda mais a sério! Se seguir estas regras poderá correr por mais 40... e por que não 50 anos!