7 Mitos e Factos sobre a Corrida

7 Mitos e Factos sobre a Corrida

1. A corrida NÃO envelhece!

Há quem defenda a teoria de que quem corre tem um aspecto mais velho e que a cara fica mais encovada, a pele flácida e as rugas mais marcadas. Talvez essa opinião se deva ao facto dos corredores serem muitas vezes mais magros do que a maioria das pessoas. Claro que o envelhecimento precoce pode acontecer, no caso dos atletas profissionais que tenham um treino intenso,  que fiquem expostos ao ar livre por muitas horas sujeitos à poluição e ao sol vários anos seguidos e que se alimentem de forma incorrecta. Mas há várias formas de evitar esse tipo de desgaste: O chapéu, os óculos de sol, as roupas mais leves e o protector solar. O exercício físico tem um efeito positivo para o organismo que, acompanhada por uma alimentação adaptada e saudável, proporciona uma maior produção de antioxidantes. Ou seja, correr não envelhece!! Antes  pelo contrário, atrasa esse envelhecimento e até proporciona um bom envelhecer!

2. Não é NADA saudável treinar em jejum

Quem quer emagrecer acha que se for treinar em jejum perde massa gorda mais rapidamente. ERRADO!
Correr em jejum significa correr com os níveis de glicose mais baixos e isso implica gastar reservas de glicogénio, podendo provocar um cansaço extremo, antes mesmo de iniciar o treino, e até provocar uma lesão grave. Além disso, o organismo reage com stress físico e uma vontade incontrolável de se comer mais e pior depois do treino. Idealmente deveríamos correr cerca de 2 horas depois de comer e NUNCA correr logo a seguir a uma refeição!

3. NÃO É preciso comer muitos hidratos de carbono antes de correr.

Uma teoria muito antiga: Comer um prato de massa antes de correr é o ideal para aguentar o consumo de energia. Isto só se aplica se a corrida durar mais de duas horas. Se isso não se acontece, não há necessidade de alterar o seu plano alimentar.

4. Correr NÃO provoca má circulação, nem celulite, NÃO altera a menstruação e NÃO deforma o seios

QUERIDAS MULHERES, que isto nunca vos impeça de correr! A corrida proporciona a libertação de endorfinas e isso muito provavelmente até poderá beneficiar as mulheres mais sensíveis durante a menstruação. Obviamente que pessoas que têm problemas relacionados com miomas ou fluxos intensos deverão ser aconselhadas pelos seus médicos.
A corrida, praticada de forma moderada e equilibrada pode mesmo ser uma grande ajuda na luta contra a celulite e a má circulação até porque o exercício físico activa a circulação sanguínea e linfática, combatendo a celulite das coxas e dos glúteos. Não se esqueça de utilizar o equipamento de corrida adequado e um soutien com bom suporte.

5. Não precisa de correr muitas horas para perder peso! 

Bastam 45 minutos para que o organismo transforme a gordura em energia, produzindo um gasto calórico suficiente para um condicionamento físico saudável. Para quem está a começar, 20 a 30 minutos são suficientes para atingir os seus objectivos de forma a não correr o risco de lesões complicadas e para que se mantenha motivado.  Se começar logo com distâncias longas, acredite que na semana a seguir já não se sente motivado. Um começo gradual e evolutivo é indispensável!

6. Correr Não provoca lesões nos Joelhos

Ao contrário! Correr fortalece as articulações dos joelhos, atrasa a degeneração óssea e ainda previne a osteoporose! O impacto da passada estimula as células que regeneram e formam os ossos. Como correr ajuda na perda de peso, a corrida pode até aliviar muitos problemas nos joelhos, causados pelo excesso de peso que acaba por fazer mais pressão sobre os mesmos. Não há provas de que a corrida provoque ou acelere o processo de desgaste das articulações em pessoas sem histórico deste tipo de lesão. O exercício físico só pode ser perigoso quando é praticado sem orientação de um profissional ou se a pessoa estiver com excesso de peso e já tiver problemas ósseos. Este mito surge daquela velha história de que só ao fim de 30 a 45 minutos de corrida é que se começa a queimar gordura. É possível que passem alguns minutos após o começo do exercício até o corpo ir buscar energia às reservas de gordura, mas isso depende da quantidade de açúcar no sangue, que provem da alimentação feita antes do treino. O que faz perder massa gorda é a relação entre o gasto e o consumo calórico.

7. NÃO são ACONSELHADOS alongamentos ANTES DA CORRIDA.

Os músculos devem estar quentes antes de os alongar, por isso não o deve fazer a frio. Se a temperatura dos músculos aumentar, estes ficam mais relaxados e flexíveis. Alongar com os músculos ainda frios provoca um maior risco de lesão.